segunda-feira, 25 de abril de 2011

Samurai recontado!

O personagem Rurouni Kenshin ganhará, em breve, novo anime para comemorar os 15 anos da franquia

Há 15 anos, um dos samurais mais famosos da cultura pop japonesa era criado. E hoje, no seu debut, Rurouni Kenshin, conhecido no Brasil como Samurai X, ganhará uma nova versão.

Isso mesmo! A editora Shueisha confirmou que irá produzir um novo anime da saga. Além disso, está previsto o relançamento em Blu-ray dos OVAs e do longa-metragem da série.

A história é protagonizada por Himura Kenshin, um andarilho que antigamente era conhecido como Battosai, o Retalhador. Um dos maiores e mais perigosos samurais do período anterior a Era Meiji. Jurando nunca mais matar, ele usa uma espada de lâmina invertida para defender os mais fracos. No Brasil, o anime foi exibido pela Globo, Cartoon Network e Animax.

O mangá foi publicado pela Editora JBC, que também publicou as light novels e a enciclopédia da série. Contudo, vale ressaltar que Kenshin não poderia ser considerado samurai, na prática. Entre as classes de guerreiros do Japão feudal, Kenshin ficaria melhor definido como um ronin ou rurouni.

Um pouco de história

As bases para a criação de Rurouni Kenshin foram extraídas das biografias de Gensai Kawakami, um hitokiri verdadeiro considerado um dos quatro principais retalhadores do Bakumatsu (período que abrange os últimos anos do período Edo, que corresponde aos eventos ocorridos entre 1853 e 1867, quando o Japão terminou a sua política de isolamento). Kawakami, mestre no estilo de kenjutsu Shiranui Ryuu (Fogo Fátuo) era descrito como magro, de baixa estatura e gentil o suficiente para ser confundido com uma mulher. Foi executado pelo governo Meiji em 1871.


Fonte: Colunas/Ásia POP

2 comentários:

cliqueeganhe disse...

Passando para desejar uma excelente semana!
http://brasileirocomorgulho.blogspot.com/

Me segue lá,estou te seguindo...
Desde já obrigado...

MODA E EXCELÊNCIA POR LÊ MOTA disse...

Gostei muito do seu blog...
Curto aniame...
Bjos. http://modaeexcelencia.blogspot.com/

Postar um comentário